"Não há nada escondido que não venha a ser revelado, nem oculto que não venha a se tornar conhecido". Lucas, 8:17,12:2 em Mateus10:26

"Corra o juízo como as águas; e a justiça, como ribeiro perene". Amós (570-550 a.c.)

"Ninguém pode ser perfeitamente livre até que todos o sejam".

Santo Agostinho

segunda-feira, 27 de maio de 2013

CORRESPONDÊNCIAS TROCADAS

Pedro Castro  -  pmcc1324@xxxxx.com                           17 mai
Para Cco: mim

OS MILITARES PRECISSAM VOLTAR A GOVERNAR O BRASIL !!!
É A NOSSSA ULTIMA ESPERANÇA !!! 
https://mail.google.com/mail/u/0/images/cleardot.gif
https://mail.google.com/mail/u/0/images/cleardot.gif
______________________________________________________________________________

https://mail.google.com/mail/u/0/images/cleardot.gifMarc – mar.firenze4@gmail.com                                     20 mai
para Pedro

Vi que o senhor mora em Lorena.  Tempos passados (bota tempo nisso), compareci a uma solenidade em que se comemorou a reinauguração da biblioteca Sérvulo Gonçalves. Foi acompanhando um amigo.  Não me recordo o nome do palestrante.  Era um advogado bastante gordo e que suava muito.  Bela oratória e um discurso envolvente, que versou sobre o homenageado e suas poesias.  Não sou dado a elas (poesias), mas gostei do que ouvi. Havia ritmo, havia emoção.

Sei lá porque, meu pai dizia que Lorena era terra de ladrão de cavalos. Bem melhor do que terra de políticos gatunos desavergonhados!  rsss...

Creio que dei a entender que o sistema de Saúde na minha cidade é um primor.  Não é, entretanto, recebe notas elevadas de avaliação e as queixas são poucas.  Um problema muito sério:  O Judiciário local MANDA que a municipalidade, com seus apertados recursos financeiros, compre e distribua remédios caríssimos a pacientes que os demandam.  Antes, as determinações eram dirigidas ao Estado, porém, este fazia corpo mole e a demora em atender (se é que atendia) era muito grande.
  
Sei que é quase impossível que cidadãos comuns (assoberbados pelo trabalho e problemas de toda a ordem) se unam e se disponham a lutar contra os malfeitos praticados pelas autoridades municipais, contra a letargia do Judiciário, contra policiais sabidamente corruptos... Além disso, os concidadãos são acomodados e temerosos de retaliação. O INDIVIDUALISMO é a característica maior do homem brasileiro.

Raríssimas são as cidades privilegiadas por administradores probos e competentes, não é?  Aqui não é diferente.

Diante disso, respeitando o direito de cada um, fico indignado ao ver que os comentaristas dos diversos fóruns (O do Estadão é o mais relevante) se dispõem a escrever sobre assuntos que mal conhecem. Porém, o fraseado é fluente, solucionador.  Ao invés de voltarem seus olhos para os problemas que lhes atingem diretamente (de suas cidades, por exemplo), preferem falar de coisas que se passam em esferas superiores.

Preocupam-se exclusivamente com questões que não podem interferir.  Primeiro, acho que devemos olhar para o nosso próprio proceder; depois, para o ambiente em que vivemos e trabalhamos;  para a nossa comunidade de bairro, para depois a cidade e região;  na sequência, para o Estado e a União.  Isso é um tanto utópico e desnecessário de se escrever, porém, quando tomo ciência de comentários dos diversos fóruns, penso logo: "este sabichão já resolveu todos os seus problemas e os mais próximos de si"!
Boa noite
Marc

Nenhum comentário:

Postar um comentário